Corrida Corrida Minimalista

Corrida com tênis minimalista, benefícios. Parte I

Já faz um tempo que eu passei a correr com tênis minimalista, para quem ainda não sabe eu tenho um cisto benigno no joelho, e para correr muito treino funcional e yoga são necessários para fortalecer os músculos. Desta forma eu tenho que estar sempre cuidando para evitar lesões, já que uma pisa em falso e eu vou ficar de molho abraçada na bola de pilates (fico danada da vida, mas a realidade é essa, bola para frente). Por essas e outras que o meu fisioterapeuta me sugeriu tentar correr com tênis minimalistas e assim tentar mudar a minha pisada, para fazer o pé aterrissar na parte do peito no lugar do calcanhar, e assim tirar boa parte do impacto do joelho.

As correntes e pesquisas sobre o barefoot running, que imita o tipo o movimento que você corre quando está de pés descalços tem opiniões diversas, mas para mim funcionou eu passei um ano inteiro sem ter uma lesão o que é um milagre para alguém na minha situação.

Alguns dos benefícios de correr com tênis minimalistas ou barefoot publicados pela Runners world Britânica são:

1- Menas lesões, devido ao fato de você correr mais naturalmente.

2- Um pace mais rápido, você vai correr mais rápido devido a economia gerada pela diminuição no peso do tênis.

3- Melhor balanço do corpo, pois o maior contato com o chão ativa, nervos e músculos, os deixando mais fortes melhorando tanto o balanço do corpo quanto a  coordenação.

4- Fortalece os seus pés, o contato constante com o terreno da corrida faz que com que os seus pés relaxem mais e fiquem mais “atentos” ao movimento da corrida.

Porém trocar a corrida normal pela minimalista não é só comprar um tênis novo e sair correndo, a postura e a nova forma de correr vão exigir e ativar novos músculos na corrida, portanto a mudança deve ser feita de forma gradual, vai ser um ritmo novo com passadas mais curtas e os músculos precisam se adaptar aos poucos.

Sim esses pontinhos brancos são neve :)  e esses são os 3 modelos que eu uso.
Sim esses pontinhos brancos são neve 🙂 e esses são os 3 modelos que eu uso.

Quando eu estava no processo de adaptação me foi recomendado correr no máximo 20 minutos com esse tipo de tênis (na primeira semana), e depois ir aumentando as distâncias aos poucos nas próximas duas semanas, mas fazendo intervalos com caminhadas de 2 ou 3 minutos a cada 15 min correndo, alternando os treinos do com o tênis antigo. Esse conselho me foi dado por um especialista da Newton Running quando eu fiz o teste da pisada (tem um post sobre o teste da pisada aqui  para saber qual modelo comprar, sim eu entrei de cabeça no projeto minimalista comecei logo com o tênis que sozinho já muda a sua pisada o Newton Running, mas hoje alterno com o Saucony Kinvara e o Skechers Go Run.

O post continua aqui , onde vou falar sobre o que cada tênis promete e a minha experiência com os 3 modelos.

Aqui tem um video explicando como fazer ?list=PLPob5VLY4Fml_S1E-_XhrQold_ODWtrBK

E ai tem coragem de testar? Bons treinos e #corracomigo.

Fontes Harvard Jornal, Jornal Medicine & Science in Sports & Exercise e Runners world britânica


Comments

comments

One Comment

Post Comment

Translate »

Ao continuar no site, você está aceitando o uso de cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close