Diário de uma Maratona Motivação

Diário de uma maratona.

Hoje quando eu estava correndo, tive vários momentos de crise rsrs, e por isso me lembrei das várias pessoas que me perguntam se eu nunca estou desmotivada,  se eu não tenho aquele momento azul. É claro que eu tenho, todos temos somos humanos, mas o que podemos fazer é não desistir. Então para mostrar para vocês que nem tudo é lindo como as fotos que postamos no Instagram, eu decidi fazer uma vez por semana até o dia da minha primeira maratona o “Diário de uma maratona”.

Neste diário eu vou contar para vocês alguma coisa boa, um momento de crise no treino, medos, sucessos ou o que aparecer na minha semana que eu ache legal compartilhar com vocês.

Hoje por exemplo eu queria contar do meu treino. Quem acompanha sabe que domingo é o dia do meu longão, e que eu sempre corro com um grupo enorme aqui de Copenhagen chamado Sparta.

Hoje não teve treino, pois a Nike tava fazendo uma meia maratona aqui, e como eu tinha sentido uma fisgadinha no treino de tiro que fiz na quarta, eu não queria participar, no lugar de correr na rua na sexta eu fiz 50 min de aqua jogging, ou deep running e hoje eu ia fazer 24k sozinha, ai ai…

Na hora de sair para o treino até que tava um sol legal com 11 graus, me arrumei e na hora que comecei a arrumar as tralhas, leia-se gel, água, tripod e câmera (para tirar fotos para o blog) começou a chover, humpf, mas depois de uns 20 min passou :D.

Pronto sai para correr, já tinha combinado com Thomas que passaria em casa para pegar mais água, que ia tirar fotos num determinado lugar e voltaria para deixar a mochila, não é fácil fazer longão levando tralha de blog, vida de blogueiro maratonista não é mole não. (Risos).

Fui tranquila, mas depois de uns 3k já estava morrendo de calor, tava com uma camiseta sem manga e duas de mangas compridas, quando parei no próximo sinal de trânsito tirei uma das longas e guardei na mochila, geralmente eu acho um saco esperar sinal quando estou correndo mas como tinha feito 44 de bike ontem, saí decidida a aproveitar os sinais para respirar fundo e descansar.

Eu estava me sentindo bem, mas estava ventando muito, muito mesmo, mas a sorte é que não estava contra e em algumas partes do percurso estava até na direção certa. Depois de 7k cheguei no parque que eu queria tirar fotos e tinha muita gente por lá, que lugar lindo, tirei as fotos rodei um pouco e tive umas idéias para voltar e tirar outras fotos, muito mágico que delícia correr com todas aquelas flores.

“Diário de uma maratona”.

Comi o primeiro gel e quando saí do parque o vento estava contra, que delícia vento de 40 km por hora (ou 11m/s) na minha cara, ainda bem que eu tava de óculos  e podia ver alguma coisa mesmo assim que desespero, o meu cabelo começou a me agoniar, era cabelo para todos os lados, quando cheguei no km 12 já estava cansada, senti que esse treino ia ser uma delícia (sqn) o sinal de trânsito fechou bem na minha frente, resolvi aproveitar o tempo e comer outro gel.

diário de uma maratona

Depois de 3k estava em casa (nos 15k), entrei coloquei mais água nas garrafinhas, e coloquei o cinto de hidratação que tinha deixado pronto na cozinha peguei mais um gel e coloquei uma graninha no cinto, deixei a mochila e saí novamente, ai que vontade de ficar no quentinho e de sentar para ver tv no sofá, mas ainda faltavam 9k.

Saí com o vento agora enlouquecido em todas as direções e o tempo fechando, o sol já estava se escondendo. Então pensei vou terminar a corrida no lago que nas partes que tem arvores diminui o vento, nossa como o lago tá lindo, as folhas estão começando a  aparecer depois de um longo e tenebroso inverno 🙂 está tudo começando a ficar verdinho.

Quando cheguei no km 18 estava morta de cansada e eu já sabia que isso ia acontecer o vento tava me matando, aí pensei no lugar de dar a volta no lago vou até um certo ponto e volto, pois aí já fica na cabeça que está acabando que eu estou voltando para casa, vou me enganar para ver se o cansaço diminui.

No km 19 tive uma crise, já não queria mais correr, mais 500m resolvi fazer uma pausa de 40 segundos e comer o gel, abri errado o gel e derramei um ⅓ dele na minha roupa, mas pensei agora é só voltar para casa tá acabando, voltei a correr.

Diário de uma maratona

No km 21 começou a chover pqp, Murphy meu filho me deixa em paz, mas pelo menos o vento tava dando uma trégua, o fato de eu ter ficado molhada me deixou com um pouco de frio, mas nada super desconfortável (que toda aquela neve não tenha me deixado preparada para enfrentar), vamo que vamo.

No km 22 crise novamente, parei e queria me acabar de chorar, que diabos eu tava fazendo correndo no meio daquele vento com chuva, pensei na minha medalha, em todas as vezes que eu fui ver o Thomas, o primo dele o Janus e o Alex (o tio) correr uma maratona, e eu sonhava em estar ali, me via no sorriso e na dor das pessoas, na sensação de vitória, de você descobrir os limites do seu corpo e se superar. Pensei bora ANAAAA tá acabando, faltam apenas 2k, continuei a correr.

Não vou dizer que tava uma delícia, mas fui pensando nas coisas boas que a corrida me trouxe como amigos aqui na Dinamarca, esse blog, na alegria de ver pessoas se motivando a correr junto comigo, e assim eu distrai a minha cabeça e consegui finalizar o treino ziiiizz 24k diz o relógio bem na frente da minha casa.

Mas eu não entrei lembra da graninha, fui caminhando até um super-mercado que fica 350 metros da minha casa e comprei uma barra de chocolate com nozes, meu preferido, de 100 gramas e voltei para casa, vou me deliciar com esse choco porque depois dessa corrida eu mereço.

O post seguinte do diário está aqui 
Beijão nunca desista de seus sonhos e #corracomigo


Comments

comments

12 Comments

  1. Ana.
    Parabéns pelo treino. De fato nem tudo são flores, apesar de a foto dar a impressão que sim. Kkk. Isso faz parte das nossas vidas, dias ruins e dias bons. O mais legal de tudo é que depois dos 30Km de uma maratona, são esses treinos que passam nas nossas cabeças e que nos fazem pensar: “É… valeu a pena aquele dia”.
    Bjs e bons treinos. Torcendo desde sempre nessa tua caminhada rumo à maratona.
    Milton – http://www.vintesemanas.com.br

    Reply
    1. Author

      Ai Milton que comentário motivador, irei me lembrar dele depois dos 30k, muito obrigada e tamo junto, não no mesmo pace, mas na luta. Beijão

      Reply
  2. Ah, Ana!! Como eu já disse no IG, você conforta meu coração!! kkkkkkkkk Tem dia que o negocio não tá legal, né!? Mas, você tira força do coração e não das pernas…o fôlego vem de umlugarnãoseiondefica…mas, com certeza, está dentro da gente! Lugar de superação, de “só mais alguns km”, de força e de persistência! Talvez venha do coração mesmo, conectado com a mente! Isso é “bom, muito mais do que bom: é excelente!”
    Ando muito cansada ultimamente, tô trabalhando prá kct, mas a corrida, os treinos, o circuito funcional tem sido minha valvula de escape…Bom, vamoquevamo! Bora parar com esse mimimi e seguir em frente, né!?
    Preciso dizer (ainda) que suas fotos são espetaculares!! E, seus posts…uma injeção de animo, de adrenalina, serotonina, catecolamina e vitamina C: correeeeeeeeeeeeeee!!!! 🙂
    PS.: Adorei o Murphy, meu filho!! kkkkkkkkkkk
    Beijo grande! @terecalyrio

    Reply
    1. Author

      Vc me emociona Tereca armaria… Choro lendo seus comentários. Nem me fala, estár cansada faz parte, mas as endorfinas nos ajudam né? Muito obrigada pelas palavras de coração, fico sem palavras com vc. Beijo gigante.

      Reply
      1. Chora não, viu!? Se ajeita linda aê!!
        Ahhh! Senti o cheiro do seu café logo cedo!! Engraçado isso, né!? Parecia minha vizinha!!
        “O que os olhos não veem, o coração não sente” #fato
        Viajo vendo suas fotos e lendo seus posts… 😉
        Beijo grande!

        Reply
  3. Ai Ana, uma crise sempre rola vez ou outra qndo colocamos nossos limites à prova, né!
    Mas o melhor delas e saber que somos capazes de supera-las e seguir em frente.
    Parabéns demais e bjo grande.

    Reply

Post Comment

Translate »

Ao continuar no site, você está aceitando o uso de cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close