Histórias de quem corre Motivação

Recomeço de uma nova história.

Que o esporte muda a vida das pessoas nós já sabemos, mas é sempre bom relembrar disso com histórias emocionantes de gente que superou diversos desafios com a ajuda da corrida e do esporte. O Recomeço de uma nova história: O Edézio deixou no passado o vicio da bebida e abraçou a disciplina e o amor ao esporte, fez novos amigos, resgatou a família e acabou participando do mundial de Tri em Londres, confira a história dele e se inspire para escrever a sua e fazer acontecer. ( se tem uma história legal manda p gente revista@corracomigo.com)
Bons treinos, boa leitura e #corracomigo.

Um dia após um ressaca gigantesca resolvi MUDAR, na ocasião era uma mudança para perder peso, largar alguns vícios ou como alguns falam costumes, retomar um pouco o que tive de ATLETA na minha juventude, MUITOS NO COMEÇO RIRAM, escutei muito que tudo era passageiro, muitos falaram QUE ERA MAIS UMA LAMBANÇA, QUE RÁPIDO EU DESISTIRIA!!! ALGUNS BRINCAVAM DANDO BOM DIA ATLETA!!! Mais os de fé me incentivavam e sempre tive meus espelhos, referências, o tempo foi passando minhas dificuldades eram enormes, nunca esqueço meu primeiro dia de treino, 10 minutos achei que iria morrer, fui pra casa me sentindo um fracassado, tudo estava dolorido, pernas, braços, mais a cabeça não tinha perdido aquele espírito de BRIGA, coisa que sempre tive em meu pai (Artemio Rufino D’oliveira Rufin) muitos amigos que conviviam se afastaram, meus negócios iam de mal a pior e o Japa Box, minhaTemakeria estava fechando, e agora? As cobranças eram diárias, pressão toda hora, QUEBREI!!!

92 kg 20 anos sem esporte

O ESPORTE FOI MINHA VÁLVULA DE ESCAPE, nos meus momentos mais difíceis sai pra um corridão, ou pra um pedal, derramei muitas lágrimas em treinos nadando e dei diversos gritos desesperados de socorro nadando e sempre embaixo dágua só eu e Deus, então comecei a parar de fazer muita coisa errada que tinha costume como por exemplo colocar os problemas pra debaixo do tapete, ou tentar esquecer numa noitada de bebedeira, pois bebia quando tava triste e com problemas, bebia quando estava alegre, bebia quando estava estressado, sempre tinha bebida no meio, ou melhor uma desculpa pra me esconder, vou repetir a muitos não sou contra bebida e não recrimino quem gosta, mais vi que PERDI TEMPO E OPORTUNIDADES!!!

Oportunidade uma palavra que ultimamente vem marcando minha trajetória, OPORTUNIDADE de resgatar minha FAMÍLIA, tempo de pedir desculpas e reconquistar minha companheira , amiga e parceira Liza Reis, Oportunidade de mostrar aos meus filhos Luiz Felipe e Marcos Paulo que hoje não fico meus fins de semana dormindo acabado, que um dia joguei futebol, nadei, joguei polo aquático, lutei, Oportunidade de dar pelo menos na velhice aos meus pais uma tranquilidade em relação a noitadas, bebedeiras, farras, ATITUDES E EXEMPLOs.

Fiz novas amizades com novos pensamentos, e um desafio sempre me chamou a atenção o TRIATHLON, nessa tive diversos camaradas me incentivando, nesse mesmo dia olhando vídeos achei o primeiro IRONMAN de um amigo, e por algum motivo lágrimas caíram dos meus olhos e uma interrogação surgia, será que eu conseguiria? Esse negócio de esporte fica na veia!!!

a corrida muda a sua vida

Na Segunda feira comecei meu primeiro dia fora do sedentarismo, 18 anos de cerveja, cigarro, frituras, hábitos e cabeça de gordo, primeiro passo complicado, tinha tudo pra desistir, continuar do mesmo jeito, mas algo a mais me instigava e os treinos foram seguindo dia a dia numa caixa de areia, onde tomos somos iguais, ricos, pobres, brancos , pretos, começava a morrer um faixa preta e renascia um menino doido pra se jogar num novo universo, onde as pessoas conseguem acordar cedo todos os dias, possuem sorrisos e abraços verdadeiros, e corri a minha primeira corrida 5 km Corrida Cidade de Manaus em 48 minutos, parei 4 vezes e fui pra casa com um sentimento de vencedor, uma medalha no peito e o coração transbordando, nascia um triatleta.

Nosso grupo de corrida tomava corpo e com 75 dias de treino me joguei na minha primeira prova de triathlon, 2h e 5 minutos de muita felicidade, esforço, luta e lágrimas, que puxa, me estimulam até hoje a seguir ……….

Muitas provas fui conquistando e uma grande surpresa apareceu meu filho virou parceiro, grande incentivador, maior fã, nossa relação mudou.

Diversas corridas terminamos juntos mais eu sou um cara meio atirado, e sempre vou atrás dos maiores desafios, foram vencidos alguns bacanas, uma meia maratona, um duathlon, um aquathlon, o que me deu vaga pra sonhar com um CAMPEONATO MUNDIAL!!!!

corrida vida nova

Me senti uma criança, lembrei do meu time da primeira série, e fui atrás de chegar nesse objetivo.

Enfim chegou o mundial, sentado antes de cair naquela água de 9 graus me lembrei de tudo isso que escrevi aqui, pra chegar no mundial tive a ajuda de muita gente,fiz feijoada e agradeço a todos que foram, não tenho VERGONHA DE FALAR, PEDI PRA MUITOS FAVORES, DE AJUDA!

Com certeza valeu o sonho!!!! Resultado com certeza no outro dia DEUS me deu a resposta de muitas das minhas lágrimas, EU CHEGUEI NO MUNDIAL, fiz o que pude, SEM AJUDA DE GOVERNO. Muitos de meus amigos contribuíram nesta jornada, viajei com dinheiro contadinho pra me ALIMENTAR nos dias que estive em LONDRES, mais não posso terminar sem dizer que ser ATLETA no BRASIL é COMPLICADO, tem que gostar muito, tem que ter gente que nos ame como nosso amigos, com certeza mais uma vez eu APRENDI MUITO E APARECEU UM NOVO CARA PARA RECOMEÇAR NOVAMENTE UMA NOVA HISTÓRIA!!!  ESSE RELATO É DE UM CARA COM 36 ANOS QUE SAIU DE UM SEDENTÁRISMO DE 18 ANOS E HÁBITOS COM BEBIDA E CIGARRO DE QUARTA A DOMINGO E QUE EM UM ANO VENCEU SEUS PIORES INIMIGOS, SEUS VÍCIOS E FEZ DO ESPORTE SUA VÁLVULA DE ESCAPE, O QUE LHE FEZ UM REPRESENTANTE DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE TRIATHLON EM LONDRES NO MUNDIAL DESSE ANO E QUE MOSTRA QUE COM DISCIPLINA , MUITA FORÇA DE VONTADE E FÉ EM DEUS, TODOS PODEMOS IR MUITO LONGE!!!!

Mundial em Londres de sedentário a corredor

O Edézio também gostaria de usar o espaço para agradecer os amigos que estiveram do seu lado e o apoiaram de forma indispensável em sua jornada no esporte. Muito obrigada:

Dalton Cabral, Afonso Junior, Fabricio Lima, Ricardo Silvestri, Leandro Moreira, Ronnie, Jerrie, Carlos Ernesto, Aladim, Luiz Eduardo, Rodrigo Faiji, Cris Pereira e Adriana Hagge, Josué Neto, Marcelo Ramos, Sergio Marques e seu irmão Sandrinho, Luiz Rogério Mello, Raphaella Cabral, Wagner Lacouth, Hermano Cézar Barroso, Gustavo Aguiar, Ruth Valente, Thales Loureiro e Danny Lopes.

IMG_4726


Comments

comments

2 Comments

  1. Adorei! Um exemplo! Passei por algo parecido e hoje tenho certeza que esporte e saúde foram minhas melhores escolhas! Parabennns Edezio!

    Reply

Post Comment

Translate »

Ao continuar no site, você está aceitando o uso de cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close